02/maio
Identifique e desenvolva seus pontos fortes

Dicas para minimizar a ansiedade ou até saná-la em 100%:

1- Pare de falar para os outros que você é ansioso, todas as vezes que falamos, o nosso cérebro precisa processar a informação, isso fortalece a emoção, pois nosso cérebro emite sinais químicos para processar essa informação.

Este sinal é enviado para nosso sistema neurológico que imediatamente emite sinais para seu sistema fisiológico, e isso faz com que ele se comporte fisiologicamente como ansioso.

2 – Estimule pensamentos positivos sobre você, sua capacidade e sobre seu futuro.

Para isso busque referências positivas do seu passado, situações em que tudo parecia ruim e no final deu certo.

3- Busque um apoio acima da média. Tenha um mentor.

Como a pessoa de maior sucesso que você conhece e que você pode ter ao seu lado, se comportaria em situações parecidas? O que pensaria sobre este assunto?

4 – Faça meditação pelo menos uma vez ao dia. Isso lhe ajudará a obter uma quietude mental. Inicie imediatamente.

É provável que surjam inúmeras desculpas para não fazer, tais como:

‘‘Não tenho tempo’’, ‘‘minha mente sai em devaneios’’ e mais um monte de baboseiras.

Faça assim mesmo! Pelo menos 5 minutos de meditação. Seu corpo e sua mente rapidamente se acostumarão.

 Certa vez um mestre foi questionado por um discípulo: ‘‘Mestre, o senhor nunca sai do centro?’’ O mestre respondeu: ‘‘Saio inúmeras vezes’’.

Talvez a diferença entre um mestre e um discípulo seja o fato de que, eu como mestre volto para o centro com muita facilidade devido ao treino constante.

Compartilhe

LEIA TAMBÉM


Comentários:

  1. Por favor queria dizer gostei muito do que voce apresentou sobre vicio comportamental e a relaçao com neurobiologia queria saber mais quais sao as suas fonte onde encontro por favor

    1. Ola, gratidão, ficamos felizes por seu interesse. Haviamos contratado uma jornalista para nos ajudar no desenvolvimento de conteúdo, e as fontes de materiais foram salvos em maquinas(HD) e o nosso escritorio foi roubado e todo nosso banco de dados foi levado. Portanto ficamos lhe devendo nesta ocasião.

Deixe seu comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Receba Novidades